STV News
Facebook Youtube Instagram
Voltar Publicada em 15/11/2020

Operação da PF apura compra de votos pelo prefeito de Humaitá

O município de Humaitá é conhecido como a terra da Mangaba, daí a origem do nome da Operação.

A Polícia Federal de Rondônia deflagrou neste sábado (14), a Operação Mangaba, para apurar crime de corrupção eleitoral, supostamente praticado pelo atual prefeito e candidato à reeleição no município de Humaitá, no Estado do Amazonas. A ação contou com o apoio da Polícia Civil da cidade.

Segundo a PF, os mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz da 17ª Zona Eleitoral em Humaitá, foram cumpridos na residência do prefeito e em estabelecimento comercial de sua propriedade, ambos em Humaitá.

As investigações tiveram início a partir de informações encaminhas ao Ministério Público Eleitoral de que o prefeito iria encaminhar valores ao distrito de Auxiliadora através de uma embarcação, fatos que puderam ser confirmados através dos sistemas de monitoramento e declarações prestadas pelo proprietário do barco. Os valores seriam supostamente utilizados para compra de votos dos eleitores daquela localidade, segundo a PF.

Os materiais apreendidos serão objeto de análise e, se confirmada as suspeitas, o investigado responderá pelo crime de corrupção eleitoral, com pena que pode chegar a quatro anos de reclusão e multa.

O município de Humaitá é conhecido como a terra da Mangaba, daí a origem do nome da Operação.

(Fonte: Rondoniagora)

Fonte: RO Agora