STV News
Facebook Youtube Instagram
Ariquemes News
Ariquemes News
Voltar Publicada em 06/08/2022

Eleições 2022: Rondônia tem 7 candidatos ao Governo e nenhum nome feminino, saiba quem são eles

Dos sete candidatos ao cargo de governador de Rondônia, todos são homens não há participação de mulheres ao cargo majoritário.

Dos sete candidatos ao cargo de governador de Rondônia, todos são homens não há participação de mulheres ao cargo majoritário.

A cadeira de governador passará por nova disputa no fim deste ano e, a partir de janeiro de 2023, terá um novo eleito – ou a permanência de Coronel Marcos Rocha.

O pedido de registro da candidatura, após as convenções, deve ser feito na Justiça Eleitoral até 15 de agosto.

Comendador Valclei Queiroz (Agir)

Valclei Queiroz da Silva, de 45 anos, nasceu em no distrito de Jaci-Paraná, em Porto Velho, é casado e pai de 5 filhos. Ele é formado em técnicas agrícolas e possuí conhecimento em eletrotécnica. Na vida profissional, Valclei ingressou como soldado na base área da capital. Em 1995 entrou para a companhia de infantaria e trabalhou ainda como garimpeiro, onde atuou até se tornar empresário no ramo da mineração.
Lançamento: a candidatura de Valclei foi lançado pelo partido Agir durante convenção feita no dia 30 de julho, em Porto Velho. Ele tem o apoio do partido Pros.

Coronel Marcos Rocha (União Brasil)

Coronel Marcos Rocha, atual governador de Rondônia, tem 53 anos e vai tentar a reeleição nas Eleições 2022. Ele nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e é formado em análise de sistema de dados, administração de negócios, e pós-graduado em educação e técnicas de ensino. Ele tem dois filhos e é casado com Luana Oliveira Santos. Em 2018 foi eleito governador do estado com 530.188 votos (66,34% dos). Rocha também já foi secretário de Justiça de Rondônia (de 2014 a 2017).
Lançamento: A candidatura à reeleição foi lançada no dia 24 de julho durante convenção do União Brasil, juntamente com o partido Republicanos, em Porto Velho.

Daniel Pereira (Solidariedade)

Daniel Pereira, de 57 anos, nasceu no Paraná e há mais de 40 anos mora em Rondônia. Ele é formado em direito e possui atuação na área acadêmica, como professor. O candidato é casado e tem três filhos. Daniel já foi vereador em Cerejeiras (RO) e deputado estadual por dois mandatos. Em 2014 ele foi eleito como vice-governador do estado e permaneceu no posto até 2018, quando assumiu a cadeira do então governador, Confúcio Moura. A mudança ocorreu porque Confúcio se lançou candidato ao Senado Federal.
Lançamento: O nome de Daniel Pereira foi oficializado como candidato em convenção do Solidariedade feita no dia 31 de julho. Ele terá Anselmo de Jesus (PT) como candidato a vice-governador. A convenção foi realizada pelo partido Solidariedade em parceria com o PDT e a Federação Brasil da Esperança – formada pelo PT, PC do B e PV.

Ivo Cassol (PP)

Ivo Narciso Cassol tem 63 anos e é natural de Concórdia (SC). Ele é casado com Ivone Cassol, e tem três filhos e é avô de oito netos. Sua trajetória política em Rondônia começou em 1996, quando foi eleito prefeito de Rolim de Moura e depois reeleito como chefe do executivo municipal em 2000. Cassol foi eleito governador de Rondônia em 2002 e reeleito em 2006. No ano de 2010, Ivo renunciou ao cargo de governador para disputar o Senado, onde foi eleito e exerceu suas funções de senador até 2019.
Lançamento: a candidatura de Ivo Cassol ao governo foi oficializada durante convenção partidária do PP em Rolim de Moura no dia 5 de agosto. O nome do vice ainda não foi anunciado.

Léo Moraes (Podemos)

Leonardo Barreto de Moraes nasceu em 1984 em Foz do Iguaçu (PR). Ele é casado e tem uma filha. O candidato é bacharel em Direito e tem mestrado em administração pública. Léo Moraes atuou na procuradoria geral do município de Porto Velho, foi empresário no estado de Rondônia e iniciou na carreira política em 2012, quando foi eleito vereador da capital. Atualmente ele é deputado federal por Rondônia.
Lançamento: a candidatura de Léo Moraes ao governo foi oficializada durante convenção partidária do Podemos em Porto Velho no dia 5 de agosto. O nome do vice ainda não foi anunciado.

Marcos Rogério (PL)

Marcos Rogério da Silva Brito, de 44 anos, é natural de Ji-Paraná (RO), região central do estado, e é divorciado. Ele tem bacharel em Direito e formação no curso de Jornalismo. Também tem mestrado em administração pública. O candidato atualmente é senador pelo estado de Rondônia, tendo sido eleito em 2018, e filiou-se ao Partido Liberal (PL) no início deste ano para disputar as eleições.
Lançamento: a candidatura de Marcos Rogério ao governo foi oficializada durante convenção partidária do PL em Porto Velho no dia 5 de agosto. A vice na chapa é a médica Flávia Lenzi, do mesmo partido.

Pimenta de Rondônia (PSOL)

Nascimento Antônio da Silva, de 57 anos, é conhecido como Pimenta de Rondônia, nasceu em Cidade Gaúcha, no interior do Paraná e há mais de 25 anos trabalha como comerciante em Porto Velho. Ele é casado e tem ensino médio completo. Em 2018, Pimenta concorreu na eleição majoritária ao cargo de governador e em 2020 se candidatou à prefeitura de Porto Velho.

Lançamento: O nome de Pimenta de Rondônia foi oficializado como candidato a governador em convenção feita em 31 de julho pelo seu partido, PSOL, em parceria com o Rede Sustentabilidade. Durante o evento também foi apresentada a turismóloga socioambiental, Michele Tolentino, como candidata a vice governadora.

As informações são do site G1/RO.

Comunicado da Redação – STV News
O conteúdo opinativo ou matéria publicada no portal é de inteira responsabilidade do colaborador ou autor. O Site STV News não tem responsabilidade legal por essas publicações, que é exclusiva do autor e fonte. As imagens e fotos deste site são de assessorias de comunicação e retiradas da Internet e ou Redes Sociais sempre citando a fonte: Qualquer obra reivindicada de foto ou imagem podem entrar em contato conosco para retirar o material publicado se assim desejar (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).


Queimadas agosto
Queimadas agosto