STV News
Facebook Youtube Instagram
Ariquemes News
Ariquemes News
Voltar Publicada em 22/12/2021

Follador comemora pagamento do Fundeb a milhares de profissionais da educação

O deputado que teve participação em todo o processo de aprovação desta matéria na Assembleia Legislativa

O deputado que teve participação em todo o processo de aprovação desta matéria na Assembleia Legislativa como presidente da Comissão de Educação, elogiou a postura do governador Marcos Rocha

O deputado Adelino Follador (União Brasil) enalteceu o Executivo rondoniense pela decisão de pagar já nesta terça-feira (21) o abono salarial dos mais de 10 mil profissionais da educação do Estado (educação básica), com recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), no percentual de 70%, que atinge professores, orientadores, supervisores, diretores, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais do apoio pedagógico.

O deputado que teve participação em todo o processo de aprovação desta matéria na Assembleia Legislativa como presidente da Comissão de Educação, elogiou a postura do governador Marcos Rocha, de determinar o pagamento do abono, explicando que ele tem caráter excepcional para cumprimento de dispositivo a constitucional, que ampliou o percentual mínimo anual para 70% do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), em benefício de todos que estiverem no pleno exercício da função.

Adelino Follador explicou que, de acordo com informação da Secretaria da Educação (Seduc), o abono será pago proporcionalmente à jornada de trabalho, calculada com base na carga horária do profissional e sua frequência na Rede Estadual de Ensino durante o ano vigente. Dessa forma o profissional com carga horária de 65h está embolsando a partir desta terça-feira um abono de R$ 22.215,60; de 60h o valor de R$ 20.506,70; de 45h a soma de R$ 15.380,03; de 40h um total de R$ 13.671,14; de 25h uma verba de R$ 8.544,46, e por fim, os profissionais da educação com contratos de 20h vão receber um abono de R$ 6.835,57.

Adelino Follador destacou ainda que outros 7.175 profissionais que estão em atividades técnico-administrativas nas escolas, nas coordenadorias e na própria sede da Secretaria, poderão receber até R$ 5.083,84, de acordo com a frequência e horas trabalhadas. Não é demais lembrar que farão jus ao abono todos os profissionais em atividade e que trabalharam nos últimos 12 meses.

Ao destacar a importância e o alcance desta decisão do Governo na vida dos profissionais da educação, o deputado disse que é uma justa medidas em benefício de tantos que foram dedicados e mantiveram com muito esforço suas atividades durante a pandemia da covid-19. “Mesmo em se tratando de verba federal (Fundeb) é preciso reconhecer o esforço e a boa vontade do governador Marcos Rocha e do secretário Suamy Vivecananda, que adotaram todas as providências para tornar possível este pagamento num momento tão especial para os professores”, disse Adelino Follador.

Fonte: Ale

Comunicado da Redação – STV News
O conteúdo opinativo ou matéria publicada no portal é de inteira responsabilidade do colaborador ou autor. O Site STV News não tem responsabilidade legal por essas publicações, que é exclusiva do autor e fonte. As imagens e fotos deste site são de assessorias de comunicação e retiradas da Internet e ou Redes Sociais sempre citando a fonte: Qualquer obra reivindicada de foto ou imagem podem entrar em contato conosco para retirar o material publicado se assim desejar (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).


Queimadas agosto
Queimadas agosto