STV News
Facebook Youtube Instagram
Voltar Publicada em 18/07/2020

Coronavírus infectou mais de 600 agentes da segurança pública de Rondônia

Até esta quinta-feira (16), há mais de 500 PMs, civis, policiais penais, peritas e bombeiros recuperados. Sete óbitos estão confirmados

Pelo menos 631 profissionais da segurança pública de Rondônia já foram infectados pelo novo coronavírus, segundo dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) disponíveis até esta quinta-feira (16). No momento, há sete mortes em decorrência da doença.

O maior número de infectados está na Polícia Militar (PM): são 242. Já a Polícia Penal contabiliza 190 profissionais com a Covid-19. Apesar disso, 503 agentes já estão curados.

Conforme o levantamento da Sesau, até esta quinta:

Casos confirmados:

  • Perícia: 4
  • Policial Penal: 190
  • Bombeiro Militar: 59
  • Polícia Militar: 282
  • Polícia Civil: 96

Casos suspeitos:

  • Perícia: 2
  • Policial Penal: 21
  • Bombeiro Militar: 9
  • Polícia Militar: 180
  • Polícia Civil: 32

Afastamento preventivo:

  • Perícia: nenhum
  • Policial Penal: 320
  • Bombeiro Militar: 25
  • Polícia Militar: 223
  • Polícia Civil: 29

Curados:

  • Perícia: 1
  • Policial Penal: 179
  • Bombeiro Militar: 54
  • Polícia Militar: 220
  • Polícia Civil: 49

Descartados:

  • Perícia: 3
  • Policial Penal: 225
  • Bombeiro Militar: 59
  • Polícia Militar: 86
  • Polícia Civil: 59

As polícias civil e penal (com três cada uma) são as corporações com mais mortes de servidores por Covid-19. Entre a Polícia Militar, há um óbito até o momento, conforme a Sesau.